Tag: Conhecendo Novos Blogs


Fui convidada por 3 ilustradoras lindas pra responder a mesma tag, e resolvi responder de uma vez. A proposta é formular 10 perguntas e indicar 10 blogueiros pra respondê-las. A questão é que eu não conheço muita gente pra indicar, e as poucas que conheço já fizeram a tag, então, eu vou simplesmente responder as questões de cada uma. Paciência que o post é longo, afinal, são 3 posts em um ;)

Perguntas da Bia
1- Quando foi que você descobriu que tinha algo (a sua arte) a oferecer a alguém?
Não sinto que posso oferecer minha arte. Tem algumas pessoas que super elogiam meus desenhos, tal, mas eu ainda não sinto segurança de oferecê-los. Ainda estou no começo de tudo.

2- Você já encontrou seu estilo? Como foi esse processo?
Meu estilo ainda não é bem definido, e nem meu traço. Eu não consigo seguir um padrão, e cada vez que eu faço um desenho, sai de uma forma diferente. Mas sinto que meu estilo é mais pro "falso realismo", se é que eu posso chamar assim.

3- Como você definiria o seu trabalho?
Eu não trabalho com arte, então...

4- Nos conte sobre o seu processo de inspiração:
Não tem muito mistério no meu ritual de inspiração. Quando resolvo desenhar, eu escolho um sketchbook, e dou uma olhada no Pinterest ou no Google mesmo, em temas que eu queira desenhar.

5- Nos conte sobre seu processo de criação:
Tudo começa com o tema a ser desenhado, então, eu olho referências no Pinterest ou Google. Escolho o caderno onde vou desenhar, e faço o risco a lápis. Às vezes, o desenho sai totalmente diferente das referências, e às vezes mudo os materiais ou ideias no meio do processo. A verdade é que eu nunca consigo finalizar um desenho como eu o imaginei no começo.

6- O que você tem feito para melhorar o seu trabalho?
Infelizmente não tenho tido muito tempo para praticar, mas como em desenho, a melhoria vem com a prática, eu tenho praticado sempre que posso.

7- É importante a gente saber sobre nossas capacidades e limitações, mas as limitações, até certo ponto, podem nos estagnar. Até onde você se limita? Como você vê essa questão?
Meu limite é muito pequeno. Eu não me acho capaz de grandes coisas, talvez por eu ter começado a desenhar bem tarde (31 anos). Mesmo sabendo que desenho é muito mais treino que técnica, acho que eu nunca vou evoluir muito. Eu sei que eu preciso treinar mais, porém, nunca acho que vou chegar tão longe. E nisso, eu acho que nunca poderei vender uma arte, e sempre vou tratar a arte como um hobby.

8- A comparação com outros artistas é inevitável quando estamos começando a desenhar, mas, depois, ela se torna um meio de nos bloquear. Você concorda com isso, ou tem um outro ponto de vista? Se sim, nos conte!
Quando comecei a conhecer o trabalho de ilustradores, eu queria desenhar igual a elas, mas essa fase já passou. Claro que de uma forma ou de outra, elas sempre serão inspiração pra mim. Mas hoje em dia, eu já consigo pensar que se elas chegaram onde estão, é pq se esforçaram. E se elas podem, eu também posso.

9- Alguma vez você já pensou em desistir do que faz? Se sim, por quê?
Na terceira aula de Desenho, na faculdade, a professora pediu pra reproduzirmos uma textura. Eu olhei pruma folha de Canson A3, e quase chorei, pensando que ela ia me engolir. Depois desse dia, perdi o medo do lápis e papel.

10- O autorretrato é uma forma antiga de expressão e autoafirmação, é uma forma de o artista de colocar no mundo. Nos mostre um autorretrato aqui! (Pode ser um rabisco à grafite, se preferir).


Perguntas da Dara
1- Qual a coisa mais engraçada que já aconteceu com você?
Uma vez falei que um nome que estava na lista de presença da academia que eu malhava era "horroroso". Sendo que eu não sabia quem era a pessoa, e ele estava do meu lado, ouvindo tudo, e ficou com muita raiva do que eu falei. Não sei se foi a coisa mais engraçada, mas certamente, foi o maior mico que eu paguei.

2- Conte sobre sua melhor lembrança.
Sem sombra de dúvidas, o momento que eu vi meu filho pela primeira vez.

3- Como você gosta de passar o tempo?
Gosto de sair com meu marido e meu filho, pra qualquer lugar fora da rotina.

4- O que te traz paz?
Olhar o mar, qualquer dia, qualquer horário. Estar em contato com a natureza também é ótimo.

5- O que te deixa irritado?
Quando me acusam do que eu não fiz, ou me atribuem uma culpa que não é minha. Quando sou pressionada, ou querem que eu mude os meus planos sem motivo justo.

6- Qual seu desenho/série/filme favorito e por que?
Putz, são dezenas, mas como vi poucas séries na vida, vou escolher House. O cara é um lixo humano, com o coração de manteiga. O que ele mais quer é fazer o bem ou a coisa certa pras pessoas, sem deixar transparecer isso.

7- Qual música te define?
Segredos - Frejat

8- O que você tem vontade de fazer mas ainda não conseguiu?
Morar fora desse país.

9- Se pudesse voltar no tempo, qual dia você iria querer viver novamente?
Queria reviver um show de forró com as melhores bandas daquela época.

10- Conte sobre uma das suas metas pra 2016:
Desenvolver em lettering.


A Thaty fez de uma forma diferente. Ela pediu que respondêssemos as mesmas perguntas que a Lidy Dutra indicou a ela.

1- Qual a sua primeira lembrança relacionada à arte?
Quando eu era 2ª série, a professora pediu que fizéssemos um desenho cego. Achei aquilo incrível e fiz aquilo várias vezes.

2- Com quantos anos você começou a desenhar?
Quando criança sempre desenhava ou decalcava desenho, mas por volta de uns 10 anos, parei de desenhar. Só comecei mesmo na faculdade de Design, aos 31 anos.

3- Quando descobriu que a Arte poderia ser sua profissão?
Não vejo a Arte como profissão. Ainda.

4- Qual é o seu material favorito?
Aquarela me encanta, mas sei que me entendo mais com grafite.

5- Qual o seu maior desafio artístico?
Desenhar sem me prender tanto a referências.

6- Qual seu artista favorito?
O trabalho do Alphonse Mucha me fascina <3 (Art Nouveau é amô)

7- Se pudesse escolher uma trilha sonora para sua vida artística, qual seria?
Nenhuma específica. Tanto posso ouvir forró quanto rap pra desenhar.

8- Qual ilustração sua você considera seu maior orgulho?
Não sinto tanto orgulho assim, ainda tô bem longe do que eu quero chegar, mas com certeza é uma das que mais gosto.



9- Você já tentou desenhar com sua mão esquerda (ou direita, para canhotos)? Como ficou?
Não.

10- Mostra pra gente uma imagem do seu trabalho mais recente.


Até o próximo post ;)

2 comentários:

  1. Muuuito obrigada por ter respondido!!! Adorei te conhecer mais um pouquinho <3

    Muito bom de te acompanhar e ver seu crescimento como artista. Continue treinando que com certeza logo você chega no estágio que deseja.

    Bjosss <3

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mari, desculpa a demora pra ver tuas respostas, e obrigada por respondê-las! eu já li um depoimento de um ilustrador dizendo que começou a desenhar um pouco "tarde" também, mas que hoje é super bem sucedido. :) Mas é uma questão de dedicação mesmo. Mas como bem dissestes, se outros conseguem, você também consegue! ;) Só faltou teu autorretrato! xD
    bjsss :***********

    ResponderExcluir